Sobre

Aberta desde: os anos 40

Área: cerca de 100m2

António Borges aprendeu Marcenaria desde cedo com o seu pai na oficina que este tinha em Alcântara. Trabalhou depois para uma empresa multinacional belga em vários países de África, sendo o responsável pela carpintaria onde trabalhavam mais de 100 pessoas. Depois de ter voltado para Lisboa para trabalhar com o seu pai, mudaram-se os dois para o espaço que é actualmente a Marcenaria ACBorges. Ainda no tempo em que trabalhava com o seu pai, a ACBorges fez vários trabalhos para o Ministério da Defesa Nacional e para o Ministério dos Negócios Estrangeiros, entre restauros e construção de móveis. A oficina recebe hoje maioritariamente trabalhos de restauro ou reprodução de peças. Trabalhando atualmente sozinho, António Borges gosta do desafio de receber encomendas de objectos invulgares.

Ficha Técnica

Tipo de Oficina:
  • Marcenaria
Tipo de Trabalho:
  • Cadeiras
  • Caixilharia
  • Móveis
  • Pequenos objectos
  • Portas
  • Restauro
Maquinaria: